Blog / Jornal e Revista Digital / Quais são as novas tendências que vão marcar o futuro do jornalismo?

Quais são as novas tendências que vão marcar o futuro do jornalismo?

A internet e suas múltiplas novidades têm feito com que novas tendências em jornalismo tomem conta das redações dos mais variados veículos. E engana-se quem pensa que essa realidade acomete apenas os grandes jornais, pois ela também está presente nos de menor porte, de cidades pequenas e de determinados bairros dos grandes centros urbanos, por exemplo.

Porém, como tudo acontece de forma muito rápida, nem sempre os jornalistas ou proprietários de empresas desse segmento conseguem acompanhar todas as novidades que permitem que o seu veículo continue sempre atualizado.

Por isso, neste artigo, listamos as novas tendências que devem marcar o futuro do jornalismo. Não deixe de ler!

SEO

O Search Engine Optimization – SEO é um conjunto de técnicas que permite que um site seja otimizado para obter melhor colocação em buscas realizadas em ferramentas de pesquisa, como o Google. Muito utilizado em estratégias de marketing digital, essa técnica também já está sendo aplicada por empresas jornalísticas.

A ideia é que as publicações de um portal de notícias tenham trabalhados atributos como palavra-chave e escaneabilidade para alcançar o melhor ranqueamento.

Além disso, o SEO não faz diferença apenas para o Google, mas também para redes sociais que tenham filtros de busca, como o Facebook, o Twitter e o Instagram, que possibilitam o uso de hashtags para categorizar os posts.

Google News Lab

O Google News Lab é uma plataforma para jornalistas, concentrada em quatro áreas: confiança e verificação, jornalismo de dados, jornalismo interativo e jornalismo inclusivo.

A ideia do Google, com esse sistema, é proporcionar aos meios de comunicação a possibilidade de verificar informações mais facilmente antes de repassá-las em seus veículos. Também são oferecidas opções de como identificar tendências de assuntos que estão em alta nas buscas e assim produzir reportagens.

Interatividade

A interatividade está cada vez mais presente nos jornais, sendo necessário investir ainda mais nisso, para que os leitores se sintam mais próximos e criem uma relação de confiança com o seu veículo.

Além das seções de comentários em redes sociais, a interatividade pode ser estimulada com o envio de perguntas em entrevistas feitas ao vivo por vídeo, por exemplo.

Participação do público na produção de notícias 

Ainda falando em interatividade, um de seus principais reflexos é a participação do público na produção de notícias. Afinal, a popularização dos smartphones possibilitou que as pessoas fiquem sempre conectadas e possam fazer registros de cenas que vivenciam em seu dia a dia.

Assim, é comum que os leitores enviem para os jornais vídeos de denúncias, fatos curiosos e eventos que presenciaram. Dessa forma, é preciso administrar bem esse material e considerar essas pessoas como parceiras da produção de conteúdo do veículo.

Realidade aumentada

Outra grande tendência no jornalismo é a realidade aumentada, que pode ser explorada por meio de QR Codes, por exemplo. Assim, mesmo um jornal impresso pode dispor de um QR Code ao final de uma página com uma reportagem, conferindo uma interação maior com o público.

Ao fazer a leitura do código pelo smartphone, os leitores podem ser direcionados para um vídeo ou infográfico que tenha mais informações sobre aquele assunto apresentado. Desse modo, mídia impressa e digital podem se complementar.

Essas são algumas das novas tendências em jornalismo e você precisa estar atento a elas para que o seu jornal não se torne obsoleto. Afinal, o jornalismo está sempre se reinventando.

Gostou deste artigo? Que tal então ser um disseminador de boas informações e compartilhar este conteúdo em suas redes sociais?

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!