Blog / Publicação Digital / O futuro do Jornalismo de Dados no Jornalismo do dia a dia

O futuro do Jornalismo de Dados no Jornalismo do dia a dia

Nos últimos anos o setor do jornalismo tem passado por mudanças, todas tentando acompanhar o intenso ritmo das inovações tecnológicas que refletem cada vez mais nos meios de comunicação.  Os conhecimentos de um jornalista estão sendo postos a teste diariamente.

Sabemos que é um reflexo da evolução do mercado e até pode ser considerado como motivo de comemoração. Mas e para o dia a dia do jornalista, como acompanhar tantas mudanças? Nesse artigo vamos apresentar o jornalismo de dados e daremos algumas dicas de como um profissional pode se manter atualizado nessa e nas demais áreas do jornalismo.

Jornalismo de Dados: o que é e como impacta o jornalismo tradicional?

O jornalismo de dados consiste em alinhar informações, gráficos e histórias para tornar a experiência de consumo de informação mais dinâmica.  Costuma-se dizer que jornalismo de dados é 80% suor, 10% boas ideias e 10% execução. Pois o volume de dados é tão grande que é preciso fazer uma espécie de curadoria da informação para apresentá-la da melhor forma possível ao leitor.

E jornalismo de dados não é algo relativamente novo, jornais utilizam tabelas e infográficos de forma criativa desde o século XIX. O que mudou é a velocidade e quantidade de informação disponível.

É muito mais fácil encontrar a informação hoje utilizando portais transparentes e órgãos públicos do que era no passado. Por causa disso, a aplicação do jornalismo de dados é muito mais recorrente e necessária, visto que a audiência se engaja mais com esse tipo de conteúdo.

Até podemos dizer que existe sim diferença entre o jornalismo de dados e o jornalismo mais tradicional que foca nas fontes e histórias. Contudo, ambos possuem o mesmo objetivo e podem inclusive se complementar.

Dentro do Jornalismo Tradicional, há quem seja contra o jornalismo de dados, pois dizem ser o inverso do que a profissão se propõe inicialmente, que seria escrever matérias pensando nas histórias abordadas. Mas também tem aqueles que defendem a importância desse novo modelo de criação, já que os leitores são mais adeptos a esse tipo de conteúdo. No momento em que o setor passa por uma grande crise e a cada ano perde mais assinantes em seu formato impresso, o digital ganha forças e ferramentas como a possibilidade do jornalismo de dados.

Mas como nivelar jornalistas de Dados e jornalistas Tradicionais?

Eis uma questão que tem entrado em debate dentro dos jornais e veículos de comunicação. Os jornalistas têm visto o mercado em que atuam mudar de forma rápida e, por isso, estão buscando se atualizar de forma constante.

Ainda assim, o jornalismo de dados veio como uma técnica revolucionária dentro do mercado e por isso implicou em substituição de mão de obra. Agora o jornalista de dados é capaz de analisar e produzir uma matéria que tem certeza que será acessada e prestigiada por seus assinantes, o que poupa tempo e faz com que ele seja mais valorizado do que o jornalista tradicional.

Vale ressaltar que isso ocorre também por causa da redução das equipes. As redações estão cada vez mais enxutas e isso exige que cada pessoa consiga executar mais funções. E de uma forma geral, o jornalismo de dados também cresce por causa da necessidade do jornalista ser multimídia.

Em um artigo produzido pela Niemanlab que falava sobre previsões para o Jornalismo em 2019, o assunto jornalismo de dados foi o foco do texto e trouxe uma importante ponderação sobre o fato dos jornalistas tradicionais estarem sendo substituídos. O artigo de Winny de Jong chamava atenção para o fato de que todo jornalista é capaz de exercer as funções de um jornalista de dados, basta que o mesmo tenha consciência da importância dessas funções.

É necessário parar com a ideia de que esse tipo de jornalismo é diferente do que aquele que era feito até então e entender que é apenas uma nova ferramenta que está disponível e que pode ser de grande valia para o setor.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!