Blog / Jornal e Revista Digital / Jornalismo multimídia: supere os desafios e ofereça conteúdo de valor
Quais são as diferenças entre o jornalismo multimídia e o tradicional?

Jornalismo multimídia: supere os desafios e ofereça conteúdo de valor

Antigamente era comum que as pessoas acessassem às mídias de forma separada. Era preciso ter acesso a um jornal impresso para ler opiniões de colunistas e as notícias do dia, ouvir o rádio para acompanhar as novidades da última hora de forma ágil, ver televisão para um conteúdo mais completo, com vídeos ilustrativos.

Com o jornalismo multimídia, tudo isso pode ser feito a partir de um mesmo local, como um portal de notícias ou até mesmo uma página nas redes sociais. Hoje, é fato que os jornais que ainda funcionam à moda antiga precisam se reinventar.

Para fazer a migração de um veículo tradicional para o formato multimídia, no entanto, é preciso superar desafios e se adaptar às necessidades do mundo atual, buscando sempre oferecer conteúdos de valor para os consumidores.

Continue a leitura e entenda mais sobre o novo perfil do jornalismo na era da internet!

Quais são as diferenças entre o jornalismo multimídia e o tradicional?

Em suma, os preceitos do jornalismo multimídia são os mesmos do tradicional. O jornalista deve seguir preservando suas fontes, prezando pela sua credibilidade e garantindo a correta apuração dos fatos, além de agir de forma ética. Porém, há mudanças concisas na forma em que é feita a produção de conteúdo. Veja, a seguir!

Estilo de escrita

O estilo de escrita da internet é mais breve, sobretudo nas redes sociais. É claro que textos mais elaborados podem ser feitos, como nas reportagens especiais. Nas notícias do dia a dia, entretanto, o público preza pela agilidade. Além disso, os títulos também precisam ser persuasivos para despertar a atenção do leitor em meio a uma infinidade de conteúdos que ele recebe diariamente.

Estrutura

A estrutura de um texto multimídia nem sempre é linear como no papel. É possível incluir hiperlinks para outras páginas, anexar áudios com entrevistas na íntegra, vídeos que ilustram notícias, etc.

Isso tudo faz com que o material precise ser organizado em uma estrutura lógica, mas que permita ao consumidor acessar, de acordo com a sua preferência, diferentes tipos de conteúdo.

Quais são os principais desafios que os veículos encontram no jornalismo multimídia?

O jornalismo multimídia ainda é relativamente novo, está em processo de construção, e é normal que os veículos de comunicação sintam algumas dificuldades ao entrarem nesse mundo novo. Confira algumas das principais!

Migrar

Nem sempre se tem conhecimento sobre as melhores plataformas e ferramentas para publicar na internet. Além disso, pode haver resistência de jornalistas mais tradicionais para fazer a migração.

Atrair um novo público

Apesar de grande parte das pessoas já estarem nas redes sociais e na internet, um veículo muito tradicional terá que adotar estratégias para conquistar novos públicos na rede.

Encontrar jornalistas multitarefas

Até pouco tempo atrás os jornalistas se especializavam nas áreas que mais lhe interessavam, como o rádio ou a televisão. Hoje, é pré-requisito que um mesmo profissional tenha habilidades de escrita, locução e condução de entrevistas em vídeo, por exemplo — e nem sempre se encontram pessoas que reúnem todas essas aptidões.

Encontrar boas ferramentas de auxílio

Pode ser uma dificuldade encontrar ferramentas que auxiliem na execução de tarefas e manutenção de um portal de jornalismo multimídia. Alguns recursos, como o paywall, exigem certo conhecimento técnico em informática, de modo que ter um parceiro adequado é fundamental para isso.

O jornalismo multimídia já é uma realidade e cabe aos veículos de comunicação se adaptarem a ele. Apesar de parecer difícil em um primeiro momento, após a implantação, ele trará benefícios tanto para os jornalistas quanto para os leitores.

Você gostou do nosso artigo? Deixe um comentário no espaço abaixo! Sua participação aqui é sempre bem-vinda!

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!