Blog / Publicação Digital / Impresso x digital: as principais diferenças no engajamento das pessoas

Impresso x digital: as principais diferenças no engajamento das pessoas

Os jornais online surgiram como reprodutores do conteúdo publicado em papel e ampliaram o potencial do jornalismo impresso. Assim, essa nova modalidade de produzir e consumir informação criou vários modos de se fazer notícia, além de permitir uma maior participação do público.

Mas você sabe por que o envolvimento dos leitores com as notícias e o seu jornal é tão importante? Conhece as diferenças entre o engajamento das pessoas com publicações impressas e digitais? Quer saber como fazer um jornal online? Então, continue a leitura deste post e descubra!

Por que o engajamento das pessoas é importante?

Em seu início, o jornal online era uma mera reprodução do impresso, mas, com o tempo, ganhou funcionalidades que permitiram aos leitores participar mais ativamente da produção jornalística. Essa interatividade ocorre por meio de comentários, compartilhamentos nas redes sociais, curtidas nos posts e assinatura de newsletters.

A ampliação do engajamento das pessoas com o conteúdo foi a maior vantagem trazida pela migração digital, uma vez que as interações mostram o modo como os leitores se envolvem — positiva ou negativamente — com o jornal, aumentando, ou não, a sua presença online e definindo o posicionamento nos sites de buscas.

Quais são as diferenças entre o engajamento no meio impresso e no digital?

Existem algumas diferenças entre o engajamento em um meio impresso para o do meio digita. Veja a seguir quais são eles.

Criação do conteúdo jornalístico

No jornal impresso, o conteúdo jornalístico é produzido exclusivamente pelos redatores, restringindo aos leitores apenas o direito à leitura. Já no meio digital, o jornalismo é mais participativo, permitindo que o público colabore com a criação das matérias jornalísticas.

No entanto, nem todas as informações enviadas são relevantes ou verdadeiras. Por isso, é importante que o conteúdo compartilhado seja analisado constantemente.

Emissão de opiniões

Os leitores do jornal impresso podem enviar suas opiniões à redação por meio de cartas, mas nem todas são respondidas ou compartilhadas com outros leitores. Dessa forma, a participação do público é limitada e reduzida.

Na versão online, os usuários podem participar de forma indireta por meio do envio de e-mails e chats, ou de forma mais direta, por meio da emissão de opiniões em fóruns de discussão e espaços reservados para comentários.

Formatação do conteúdo

Os meios tradicionais de comunicação impressa permitem ao leitor dois modos de consumir a informação: o texto e a imagem. Além do mais, permite a leitura de um texto por vez e a informação fica limitada ao que está escrito.

No ambiente virtual, a interação com o conteúdo é maior, pois, com os diversos formatos de mídia — imagem, texto e som —, é possível tornar a experiência de leitura mais prazerosa. O usuário também pode acessar informações complementares, permitindo visualizar várias abordagens sobre o mesmo assunto, ao mesmo tempo.

Personalização das notícias

Na versão impressa, o leitor encontra matérias com temas definidos e, muitas vezes, com um número de informações limitado ou que não despertam o seu interesse.

No formato online, os usuários podem escolher áreas de interesse e definir quais são os seus assuntos preferidos (política, futebol, culinária) e, assim, interagir com os conteúdos que mais lhes agradam.

Maior propagação das notícias

O jornal impresso limita a distribuição de seu conteúdo ao espaço físico e o compartilhamento de informações se dá apenas por meio da comunicação verbal entre os leitores.

Já no meio virtual, não há barreiras para que o seu conteúdo alcance vários usuários, uma vez que o conteúdo está disponível nas páginas da web e também pode ser compartilhado nas redes sociais.

Assim, é possível analisar, também, o engajamento das pessoas por meio do compartilhamento em redes sociais, como o Facebook e o Twitter, das curtidas nos posts e dos comentários deixados nas matérias.

Por que investir no jornal online?

O investimento em um conteúdo digital traz muitas inovações e vantagens, como acessibilidade, controle de dados e de informações. Por exemplo, com um material publicado online você terá acesso aos dados referentes à acessibilidade de seus leitores e saberá:

  • qual conteúdo é mais visualizado;
  • tempo de permanência na página;
  • perfil mais detalhado dos leitores;
  • índice de acesso diário;
  • localização dos usuários, caso eles permitam.

As notícias espalham-se rapidamente e são cada vez mais específicas e detalhadas, por isso, o trabalho do jornalista, do comentarista ou dos produtores de conteúdo têm tido uma necessidade maior de atualização.

O material online permite que o conteúdo escrito seja atualizado, mesmo após a publicação, processo que não é possível com o jornal impresso — claro, sempre conferindo a procedência e dentro dos processos legais de publicação.

Além disso, o seu público terá acesso à notícia diariamente, seja por meio das notificações na barra do celular, por meio do e-mail ou das redes sociais. Toda essa flexibilidade que o material online oferece traz uma liberdade maior de trabalho e de gerenciamento das informações.

O meio digital, portanto, é uma estratégia que aumenta a possibilidade de conquistar novos projetos, mais público e uma comunicação mais abrangente.

Como fazer um jornal online?

Para publicar um conteúdo, são necessários alguns passos que determinarão a acessibilidade. Para saber quais são, leia abaixo!

Pense no seu público

Antes de iniciar o anúncio em qualquer mídia, é importante determinar quem será o seu público específico para a publicação. Delineie um perfil com idade, localização, hobbies, interesses, problemas e possíveis soluções. Assim, será possível ter uma publicação com o direcionamento mais equilibrado.

Outro ponto importante é analisar qual mídia os usuários do site acessam com mais frequência: Instagram, Facebook, aplicativos de jornais ou pelos mecanismos de busca do Google. Após fazer essa pesquisa, você poderá publicar e divulgar os conteúdos por meios de comunicação direcionados.

Por último, analise o acesso de seu público. Quantas foram as visualizações? Qual foi o tempo de permanência na página? Esses dados são valorosos para levantar um perfil cada vez mais detalhado de seus leitores. E, aos poucos, por meio desse conhecimento, as publicações se tornarão cada vez mais direcionadas e mais relevantes para os leitores.

Determine o assunto

O conteúdo faz parte do seu plano de ação. Então, delimite e planeje o que você colocará em pauta e as sessões para as publicações. Por isso:

  • faça um resumo dos fatos que serão abordados;
  • selecione as fontes;
  • investigue se há a possibilidade de encontrar referências para entrevista;
  • apresente uma base sobre o assunto;
  • caso escreva uma reportagem, faça uma descrição de como serão as etapas de escrita;
  • determine qual será o enfoque do texto;
  • escolha as imagens mais adequadas para a publicação.

Pensar antecipadamente é importante para que, caso várias pessoas sejam envolvidas na produção, ninguém perca o foco das publicações. Assim, todos saberão que fazer, como fazer e para quem produzir.

Confirme a veracidade das informações

Com o número de publicações e de compartilhamento acelerado nas redes sociais, é fácil perder o controle e gerar um conteúdo inverossímil. Alguns jornais fazem isso com o intuito de ter acesso. O grande problema é que, ao ter essa ação irregular e sensacionalista, esses jornais perdem a credibilidade e a confiança do público.

Por isso, confirme a veracidade das informações e faça uma apuração do conteúdo que será escrito. Busque diferentes fontes que possam confirmar os dados analisados. Esse cuidado evitará que você cometa erros e ajudará a ter um conteúdo cada vez mais confiável e relevante.

Por isso, procure investir em informações que tenham qualidade, que sejam úteis para o leitor e aplicáveis na prática, com uma leitura dinâmica e que prenda a atenção, trazendo dados novos e interessantes. Uma empresa especializada nesse tipo de serviço pode ajudar.

Gostou do nosso post e quer conferir como obter um bom auxílio para publicações digitais e ter um engajamento positivo do seu público? Então entre em contato conosco, estamos disponíveis para ajudá-lo e instruir sobre como fazer um jornal online!

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!