Blog / Destaque / Esclarecemos o que você precisa saber sobre o paywall
Como o Paywall pode ajudar Jornal na internet?

Esclarecemos o que você precisa saber sobre o paywall

De acordo com um estudo realizado pelo Instituto Verificador de Comunicação – IVC, entre os anos de 2014 e 2015 houve uma queda de 13% nas assinaturas de jornais impressos no Brasil. No entanto, as assinaturas digitais subiram 27%. Essa tendência está aumentando ainda mais nos últimos anos por causa do acesso a conteúdos via mídias digitais.

Por causa dessa realidade, muitos veículos de comunicação tradicionais estão revendo a forma como monetizam suas atividades, disponibilizando, além das edições impressas, novos modelos para o jornalismo. Contudo, o problema que muitas dessas empresas enfrentam é o desconhecimento de uma metodologia para fazer cobranças, por exemplo. Nesse sentido, destaca-se o paywall — um sistema que tem se tornado muito comum nesse meio.

Mas o que é e como funciona essa forma de monetização? Para tirar essa e outras dúvidas, siga conosco e informe-se!

O que é o sistema paywall?

O sistema paywall é um método de cobrança de assinatura para conteúdos digitais de portais de notícias, de modo que, para ter acesso aos materiais, os internautas precisam pagar um valor mensal de assinatura. Com isso, eles cadastram um usuário e uma senha.

O procedimento é exatamente o mesmo que acontece nas assinaturas de jornais impressos, porém com a diferença de que, em vez de receber o periódico em suas casas, os assinantes precisam acessar o site do veículo com seus dados e assim obter o conteúdo exclusivo.

Como o paywall funciona?

O paywall pode funcionar de duas maneiras, sendo que na primeira delas todo o conteúdo do site é bloqueado e apenas pessoas que são assinantes podem ter acesso ao material publicado.

Porém, existe ainda o chamado paywall poroso. Desse modo, um sistema digital incorporado no código de programação do site consegue identificar os computadores que acessam o portal, permitindo que uma determinada quantidade de conteúdos possa ser visto por mês de forma gratuita por cada máquina.

A ideia é que as pessoas possam ter uma espécie de degustação, lendo 5 publicações de maneira gratuita, por exemplo. Assim, quando forem fazer o sexto acesso dentro de um mês, serão bloqueadas e direcionadas para uma tela de acesso em que podem preencher um formulário para fazer a assinatura.

Quais são os benefícios do paywall para os veículos de comunicação?

Entre os principais benefícios do paywall está a própria sobrevivência dos meios de comunicação tradicionais, que podem se adaptar às novas tendências de consumo e seguir com forte abrangência em suas regiões de atuação.

Além disso, as pessoas já estão se acostumando à ideia de pagar por conteúdo de qualidade na internet. Prova disso é o crescente número de assinantes de serviços de streaming, como o Netflix e o Spotify, por exemplo.

Que jornais já utilizam o paywall para rentabilizar suas atividades?

O sistema paywall é de tanta qualidade que já foi incorporado pela imensa maioria dos grandes jornais do Brasil e do mundo. Para você ter uma ideia, The New York Times, The Guardian, The Economist, a Folha de São Paulo, o Estadão, Zero Hora, entre outros grandes periódicos já adotaram essa metodologia.

Vale destacar que não são apenas os grandes jornais que podem contar com o paywall. Qualquer veículo de comunicação, independentemente do porte, pode obter sucesso ao aplicar essa metodologia de negócio.

Então, gostou de saber mais sobre o sistema paywall? Caso já utilize ou pretenda implantar essa forma de rentabilização no seu jornal, conte para a gente nos comentários! A sua opinião é sempre muito bem-vinda por aqui.

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!