Blog / Publicação Digital / Esclarecemos o que você precisa saber sobre o paywall
Como o Paywall pode ajudar Jornal na internet?

Esclarecemos o que você precisa saber sobre o paywall

De acordo com um estudo realizado pelo Instituto Verificador de Comunicação – IVC, entre os anos de 2014 e 2015 houve uma queda de 13% nas assinaturas de jornais impressos no Brasil. As assinaturas digitais, por outro lado, subiram 27%. Essa tendência está aumentando ainda mais nos últimos anos por causa do acesso facilitado a conteúdos via mídias digitais.

Por causa dessa realidade, muitos veículos de comunicação tradicionais estão revendo a forma como monetizam suas atividades, disponibilizando, além das edições impressas, novos modelos para o jornalismo. Contudo, um problema que muitas dessas empresas enfrentam é o desconhecimento de uma metodologia para fazer cobranças e restringir seus conteúdos aos assinantes. Nesse sentido, destaca-se o paywall, um sistema que tem se tornado muito comum nesse meio.

Mas o que é e como funciona essa forma de monetização? Para tirar essa e outras dúvidas, siga conosco e se informe!

O que é o sistema paywall?

O sistema paywall (que alguns traduzem, literalmente, como “muro de pagamento”) é um método de cobrança de assinatura para conteúdos digitais de portais de notícias. Ele é implementado de modo que, para ter acesso aos materiais, os internautas precisam pagar um valor mensal de assinatura. Com isso, eles cadastram um usuário, uma senha e seus dados para cobrança.

O procedimento é exatamente o mesmo que acontece nas assinaturas de jornais impressos, porém, com a diferença de que, em vez de receber o periódico em suas casas, os assinantes precisam acessar o site do veículo com seus dados e, assim, obter o conteúdo exclusivo.

Como o paywall funciona?

O paywall pode funcionar de duas maneiras. Na primeira delas, todo o conteúdo do site é bloqueado e apenas pessoas que são assinantes podem ter acesso ao material publicado.

Porém, existe ainda o chamado paywall poroso. Nele, um sistema digital incorporado no código de programação do site consegue identificar os computadores que acessam o portal, permitindo que uma determinada quantidade de conteúdos possa ser vista por mês de forma gratuita por cada máquina.

A ideia é que as pessoas possam ter uma espécie de degustação, lendo 5 publicações de maneira gratuita, por exemplo. Assim, quando forem fazer o sexto acesso dentro de um mês, serão bloqueadas e direcionadas para uma tela de acesso em que podem preencher um formulário para fazer a assinatura.

Quais são os benefícios do paywall para os veículos de comunicação?

Entre os principais benefícios do paywall está a própria sobrevivência dos meios de comunicação tradicionais que não mais podem contar com grande número de assinatura de publicações impressas. Esses veículos podem se adaptar às novas tendências de consumo e seguir com forte abrangência em suas regiões de atuação.

Além disso, as pessoas já estão se acostumando à ideia de pagar por conteúdo de qualidade na internet. Prova disso é o crescente número de assinantes de serviços de streaming, como a Netflix e o Spotify, por exemplo.

As empresas jornalísticas cada vez mais estão adotando o sistema paywall, por conta dos diversos benefícios que ele proporciona. Acompanhe os principais deles nos tópicos a seguir.

Mudança na cultura de consumo de conteúdo

A internet se popularizou entre as pessoas na década de 1990 e, naquela época, era comum que se pensasse que tudo o que estava disponibilizado naquele novo meio era gratuito. Assim, era recorrente, para usuários, “baixar” músicas e filmes de forma ilegal, por exemplo.

Como o aumento do acesso na década de 2000, contudo, as empresas começaram a se preocupar com a disseminação da pirataria e a procurar formas de driblar a distribuição ilegal de conteúdo.

A cultura de consumo de conteúdo vem, assim, gradativamente se modificando, muito devido ao surgimento de serviços de streaming como a Netflix e o Spotify, que mencionamos anteriormente. Com eles, usuários podem ter acesso imediato a conteúdo de qualidade (uma vantagem em relação à pirataria, que não garantia a qualidade mínima daquilo que era disponibilizado) por valores relativamente baixos.

Essa mudança fez com que as pessoas passassem a não se importar tanto em pagar por conteúdo. É por isso que o paywall pode ser uma boa alternativa para portais de notícias e sites de jornais.

Aumento da lucratividade do portal

Os anúncios em jornais impressos já não são tão lucrativos como eram antigamente, pois as empresas preferem anunciar em outros meios mais eficientes e mensuráveis, como as mídias digitais.

Com o paywall, uma empresa jornalística deixa de lucrar apenas com anúncios nas publicações impressas, mas também passa a ganhar com o esquema de assinaturas dos leitores.

Apelo aos novos hábitos de consumo de informação

Os jovens adultos, que nasceram entre os meados da década de 1990 e início dos anos 2000, já estão no mercado de trabalho e têm hábitos de consumo de informação diferenciados.

As necessidades dessas pessoas, no que se refere ao consumo de informação, não são supridas pelos jornais impressos. Eles gostam de acompanhar tudo em tempo real e com agilidade e o paywall pode atender de forma mais eficiente a esse tipo de público, uma vez que o conteúdo virtual pode ser atualizado frequentemente.

Uso em aplicativos

Engana-se quem pensa que o paywall pode ser usado apenas em sites. O método também pode ser utilizado em aplicativos dos veículos de comunicação, facilitando o processo para quem usa o smartphone para se manter informado, por exemplo.

De tal modo, pode ser desenvolvido um sistema para que apenas assinantes do jornal possam acessar os conteúdos publicados em seu aplicativo para smartphones e tablets.

Quais jornais já utilizam o paywall para rentabilizar suas atividades?

O sistema paywall é tão confiável que já foi incorporado pela maioria dos grandes jornais do Brasil e do mundo. Para você ter uma ideia, The New York Times, The Guardian, The Economist, Folha de S. Paulo, Estadão, Zero Hora, entre outros grandes periódicos adotaram essa metodologia.

Vale destacar que não são apenas os grandes jornais que podem contar com o paywall. Qualquer veículo de comunicação, independentemente do porte, pode obter sucesso ao aplicar essa metodologia de negócio.

Quando utilizar o paywall no meu jornal?

O paywall deve ser utilizado pelos jornais que desejam se modernizar e acompanhar as novas tendências do mercado da comunicação. Afinal, cada vez mais as pessoas estão acostumadas a pagar para acessar a um conteúdo de qualidade e que seja apurado corretamente e de forma ética, evitando o cenário das fake news que são disseminadas em mídias sociais e aplicativos como o WhatsApp.

O sistema também pode ser utilizado pelos portais de notícias que desejam aumentar a sua lucratividade, tendo mais uma opção além da assinatura do jornal impresso.

Como implementar o paywall?

Para implementar o paywall em um jornal é preciso que você conte com um parceiro estratégico que possa desenvolver esse tipo de solução para sua página. Assim, você pode ter um portal bem feito e que atenda bem ao público, contendo essa modalidade de consumo de conteúdo.

Nós, da Maven Inventing Solutions, temos experiência no desenvolvimento desse tipo de ferramenta e oferecemos o melhor em paywall para o seu jornal. Já atendemos grandes veículos de comunicação brasileiros, como o Zero Hora, o Jornal do Comércio, o Correio do Povo, a Folha de S. Paulo, entre outros.

Quer implementar essa importante ferramenta também no seu jornal ou revista digital e aumentar seus ganhos? Então entre em contato conosco agora mesmo!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!