Blog / Destaque / Do papel para a internet: 3 casos de sucesso do jornalismo online
Pessoa lendo uma notícia no aplicativo do Jornal

Do papel para a internet: 3 casos de sucesso do jornalismo online

O jornalismo online está em crescimento constante e é cada vez mais comum vermos grandes jornais que estão migrando do papel para a Internet. Isso acontece por dois motivos principais: a economia, pois, além de custar menos, um jornal online permite o emprego de novas modalidades de anúncios, e a falta de interesse, por parte das pessoas, em ler jornais em papel.

A doutora em comunicação Malena Segura Contrera, autora do livro O mito na mídia: a presença de conteúdos arcaicos nos meios de comunicação, fala, nessa obra, sobre como o ato de ler um jornal pela manhã, durante a primeira refeição do dia, é algo tido como cultural em muitas localidades do mundo.

A mesma autora também comenta sobre como essa realidade vem mudando, sobretudo entre as pessoas mais jovens, que têm trocado o jornal em papel pelos smartphones.

Dentro desse contexto em que uma revolução tecnológica ocorre, nós reuniremos e apresentaremos para você 3 casos de sucesso no jornalismo online. Acompanhe a seguir!

1. Folha de São Paulo

O jornal Folha de São Paulo é um dos principais jornalísticos do país e também lidera no meio online, sendo um dos veículos com mais assinantes digitais. Assim como alguns outros portais trabalham, a Folha proporciona mais recursos para os seus assinantes, como conteúdo exclusivo e acesso ilimitado ao site.

Outro ponto interessante que é trabalhado nesse jornal é o Acervo Folha, uma seção do portal na Internet que tem todos as edições do jornal escaneadas, desde o seu surgimento, sendo, assim, uma ótima fonte para pesquisas.

Apesar de ainda contar com uma grande base de assinantes do veículo em meio físico, a Folha, cada vez mais, tem se posicionado como um portal de notícias e não mais como um jornal impresso, tendo, na agilidade da publicação dos fatos, o seu maior diferencial.

2. O Globo

Se em São Paulo é a Folha que impera como o jornal digital mais lido, no Rio de Janeiro, esse título pertence ao jornal O Globo, que, na Internet, mantém um amplo portal, com muitas notícias gerais, colunas e blogs de profissionais diversos, disponibilizando informações sobre economia, tecnologia, colunismo social, saúde, entre outras seções.

Percebe-se que O Globo teve sucesso ao migrar os já famosos cadernos de sua versão impressa para o ambiente online, mantendo os leitores antigos e também chamando um novo público, mais jovem e que consome notícias apenas pela Internet.

3. Huffington

A ateniense radicada nos EUA Arianna Huffington é conhecida na Internet como a “baronesa da mídia eletrônica”. Isso porque a jornalista é criadora do Huffington, um jornal totalmente desenvolvido para o ambiente virtual.

A editora-chefe do veículo que leva o seu sobrenome acredita que a Internet é um mercado a ser explorado pelas empresas jornalísticas de todo o mundo e preza pela valorização do localismo, pois, no ciberespaço, é possível desenvolver um conteúdo muito nichado.

Segundo a jornalista, a troca de informações e o feedback recebido dos leitores é um dos principais benefícios do jornalismo digital, que pode utilizar as opiniões dos internautas para criar pautas ou realizar melhorias.

Agora que você já conhece alguns casos de sucesso no jornalismo online, que tal compartilhar este post em suas redes sociais? Assim, os seus amigos saberão que você está em busca de melhorias no seu jornal.

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!