Blog / Destaque / Conheça os 3 maiores desafios do jornalismo impresso em 2018
Mulher olhando jornal impresso no tablet

Conheça os 3 maiores desafios do jornalismo impresso em 2018

Quem é proprietário de um pequeno veículo de comunicação regional precisa ficar atento aos desafios do jornalismo impresso. Afinal, entender essas tendências é muito importante para manter o funcionamento de suas atividades e manter os leitores fiéis da publicação.

Por esse motivo, reunimos neste post aqueles que são os 3 maiores desafios para os jornais impressos no ano de 2018. Se você ficou interessado pelo assunto, continue conosco e acompanhe a seguir.

Adaptação às novas mídias

Vivemos em plena era digital, uma época em que uma nova formação de leitores, os jovens que nasceram entre meados da década de 1990 e na década de 2000, já se tornaram ou estão se tornando adultos e começaram a consumir produtos jornalísticos.

Essa nova geração já nasceu em um universo digital, eles cresceram em meio à ascensão da internet e são muito adeptas ao uso de smartphones, tablets e outros dispositivos móveis.

Por esse motivo, para acompanhar essa evolução da sociedade, é muito importante que os jornais impressos também atuem na internet, por meio de um portal de notícias, um aplicativo próprio e também das redes sociais, como o Facebook e o Instagram, que são excelentes para fazer coberturas de acontecimentos e eventos ao vivo e em tempo real.

Modelo de cobrança on-line

Muitos portais de notícias estão rentabilizando os sites com cobranças on-line. A ideia é similar às assinaturas do jornal impresso, de modo que o leitor paga uma mensalidade para ter acesso total aos conteúdos publicados na internet.

Esse modelo também pode ser complementar à assinatura física, sendo que o assinante poderá pagar para receber o jornal impresso diariamente em sua casa e também receber um login para acesso ilimitado no portal ou app do veículo.

Chamado de paywall, esse tipo de cobrança digital está sendo cada vez mais bem-aceito pelas pessoas, que começam a entender o valor de um conteúdo jornalístico de qualidade e a investir para ter acesso a esse conteúdo.

Plataformas que se complementam

Os desafios do jornalismo impresso são muito maiores do que apenas público, é também de formato de conteúdo. Os jornais impressos aceitam apenas texto e imagens, não oferecendo conteúdos complementares ao leitor, como vídeos e infográficos interativos, por exemplo. Essa, portanto, é uma realidade que precisa ser mudada por muitos veículos que ainda têm uma mentalidade do século XX e atuam em um modelo que pode ser incrementado com as ferramentas digitais.

Hoje em dia, se um acontecimento, como um grande evento local, ocorre às três horas da tarde, as pessoas não vão esperar até a manhã do dia seguinte para ter acesso às informações sobre a celebração.

É por isso que fazer publicações rápidas nas redes sociais, no site e no aplicativo do jornal é muito importante para que as pessoas sejam rapidamente informadas sobre tudo o que está acontecendo em tempo real. Já a edição impressa pode trazer uma reportagem mais completa, com mais esmero e informações mais apuradas, servindo até mesmo como uma forma de arquivo de informações para consultas futuras.

Estar atento aos novos desafios do jornalismo impresso é sempre importante para os empresários do setor. Em suma, podemos dizer que esse método de produção de conteúdo não acabará em 2018, porém é preciso acompanhar a nova realidade, se adaptar ao novo perfil de público e pensar sempre à frente para seguir sendo uma fonte de informação de qualidade.

Quer receber mais informações sobre tendências do jornalismo em sua timeline? Então curta a nossa página no Facebook! Temos certeza que você gostará de nossas publicações.

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!