Blog / Mundo Maven / Como o tráfego impacta no seu site?

Como o tráfego impacta no seu site?

De todas as estratégias existentes no universo do marketing digital, as mais importantes dizem respeito ao modo como o tráfego impacta no desempenho de um site, seja no sentido de alcançar o público ou de permitir parcerias, anúncios e monetização.

Você já deve ter percebido que não adianta ter o melhor produto ou serviço do mundo. 

Seus clientes precisam encontrá-lo no lugar certo, na hora certa, ou seu negócio não vai prosperar, não é mesmo?

Isso inclui páginas de vendas, blogs e até sites institucionais; do mesmo modo como vale tanto para grandes indústrias, quanto para quem trabalha com moto entrega

Afinal, como se diz no universo do marketing: “Quem não é visto, não é lembrado”.

Se você quer entender como tudo isso impacta no seu site, siga até o fim da leitura deste artigo.

O que exatamente é tráfego digital?

O tráfego é tão importante que, na verdade, ele não é medido apenas em um site, de modo generalizado. 

Dentro de um site cada página, ou mesmo cada seção ou ficheiro pode ter essa métrica.

Trata-se, portanto, de uma métrica, uma medida, que é o volume de visitantes e acessos que determinada página/seção consegue alcançar. Ou seja, é a alma do marketing digital, concorda?

Você jamais poderia começar a entender o alcance daquela sua campanha de sacola de tecido personalizada sem essa estatística essencial.

Para facilitar na visualização do conceito, podemos dizer que hoje existem, entre outros, quatro tipos fundamentais de tráfego:

  1. Tráfego direto;
  2. Tráfego social;
  3. Tráfego orgânico;
  4. Tráfego publicitário;

Pode parecer complicado, mas não é. O importante é observar que, apesar de servir também para sites sem fins lucrativos, um e-commerce, blog ou rede social que tenham bom fluxo de acessos (um bom tráfego), terão maiores chances de vendas.

Por dentro dos tipos diferentes de tráfego

O tráfego direto é o sonho de todo mundo. É preciso começar por ele, pois também trata-se do modo mais “puro” de tráfego, o primeiro de todos desde o início da internet.

Sabe quando você digita, manualmente, o domínio de um site na barra de endereços do seu navegador? 

É isto, ao fazê-lo você gerou, como sugere o nome, “tráfego direto” para aquela página.

Como isso é cada vez mais incomum, é preciso levarmos em conta também as demais modalidades, ou você jamais vai entender como o tráfego realmente impacta a esfera digital.

O tráfego social, por exemplo, remete às mídias sociais, que obviamente já não podem ser ignoradas por nenhuma marca que queira atingir seu público.

A regra de ouro no caso delas é compreender a proposta, seja a de um texto curto ou longo, seja a de uma imagem ou vídeo. 

Você terá mais tráfego quanto mais “falar a língua” daquela comunidade, a começar pelo formato do conteúdo.

Quando você abre o Google, o Bing ou o Yahoo e digita “entrega de encomendas”, aí você já está no universo do tráfego orgânico.

Ele gira em torno do inbound e do marketing de conteúdo, além do SEO (Search Engine Optimization), que é a otimização da página para conseguir um bom ranqueamento no buscador, e tudo sem pagar um centavo a nenhuma plataforma.

Quando você paga para aparecer com destaque, aí já é o caso do tráfego publicitário, que pode ser praticado tanto nos motores de busca, quanto nas redes sociais, já que todos esses contam com soluções Ads, que é a sigla para Advertising (publicidade).

Como aumentar o fluxo de acessos?

Hoje existem muitos empreendedores e autônomos que vivem apenas dos seus blogs e vlogs, gerando conteúdo, que gera tráfego, que gera monetização. Lembra-se da velha “audiência” da televisão? Então, com conteúdos digitais é igual.

De modo semelhante, há páginas que conseguem firmar grandes parcerias baseadas nisso. 

Imagine, por exemplo, se você tem milhões de pageviews, e quer fazer guest post (troca de conteúdo) com o maior blog do seu segmento. Será que eles vão aceitar?

Pois é. Para aumentar o tráfego dos seus conteúdos e chegar nesse patamar é preciso ter planejamento, resiliência e foco.

O cerne das estratégias está sintetizado acima, pois diz respeito a cada tipo diferente de tráfego.

Resumidamente, você sempre vai precisar de conteúdo de qualidade e presença multicanal.

Seja para venda de produtos baratos ou caros, seja para serviços na área de indústria ou de encomenda expressa, seu público sempre estará sedento de conteúdo original, de qualidade e gratuito.

Ser multicanal, por sua vez, significa ter presença em várias plataformas, passando por blogs, buscadores, redes sociais e afins. 

Adapte seu conteúdo e espalhe-o, até ele atingir o máximo possível de pessoas. Assim é que o tráfego cresce e impacta seu site.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!