Blog / Mundo Maven / CEO da Maven realiza palestra sobre Conteúdo Digital

CEO da Maven realiza palestra sobre Conteúdo Digital

A Maven participou do 25° Congresso Estadual da Associação dos Jornais do Interior do Paraná (Adjori/PR) realizado nos dias 15 e 16 de setembro no Hotel Plaza Ecoresort Capivari, em Campina Grande do Sul. O evento reuniu jornalistas, empresários e políticos de mais de 30 estados para debater o futuro do jornal impresso.

A CEO da Maven, Aline Deparis, ministrou a palestra “Conteúdo Digital – Novas Experiências e Estratégias”. De acordo com Aline, o conteúdo deve ser priorizado sempre independentemente da plataforma. “O conteúdo precisa ser formatado para cada canal. A velha forma analítica de comunicação unilateral A para B mudou completamente. Hoje, o conteúdo precisa conversar com o consumidor e vice-versa.”

O especialista em Marketing da Web, Gilberto José Pacheco, falou sobre as novas ferramentas de comunicação do Google e como elas podem ajudar pequenos jornais. Assim como a CEO da Maven, Pacheco também acredita na personalização de conteúdo de acordo com a mídia. “Não estamos preparados para toda essa novidade. O conteúdo que vai para a internet precisa ser diferente daquilo que está nos impressos, mas que é possível fazer um belo texto e alcançar toda a distribuição possível usando a força do outro”.

Um exemplo claro de como conteúdo precisa ser pensado para cada mídia foi apresentado pelo palestrante, Lyn Jannnuzzi, designer gráfico que já foi Editor Executivo de Arquitetura e Design da Informação do jornal Gazeta do Povo. Para ele, o design da reportagem precisa ser pensado na sua origem porque isso vai afetar diretamente apuração das informações. “Se as pessoas do design gráfico não trabalharem desde a concepção da pauta, não funciona. O design começa quando a matéria é pensada. Com essa integração, a forma de apurar a matéria muda, a forma de se pensar o material que precisa ser feito muda”.

Conteúdo também foi o foco da palestra do doutor em comunicação, Carlos Alberto Di Franco. Segundo ele, o jornalismo está em crise por causa da perda de qualidade de conteúdo. “O leitor está disposto a pagar por um produto de qualidade. Precisamos fazer uma autocrítica. Pensar como nós, produtores, distribuidores e processadores de informação, estamos vendo o mundo.  Jornalismo é a busca do essencial, sem enfeite; um jornalismo transformador é substantivo. O jornalismo está mais vivo do que nunca.”

O congresso foi encerrado também com a pose do novo presidente da Adjori Brasil, Elízio Siqueiro, eleito no mês de junho em durante Congresso da Adjori em Santa Catarina. Cerca de 100 pessoas participaram do evento.

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!