Blog / Publicação Digital / Como a Austrália aumentou a confiança dos leitores nos jornais

Como a Austrália aumentou a confiança dos leitores nos jornais

Em um estudo encomendado pela organização News Media Works, representante das maiores empresas de Publicação Digital da Austrália, foram encontrados resultados que apontam para a retomada da confiança dos leitores em anúncios de publicidade e propaganda.

Historicamente os anúncios são uma das principais fontes de renda dos veículos de comunicação, mas desde o início do século essas receitas caíram e, desde então, jornais enfrentam dificuldades em diversificar essa receita. Para agravar o problema, questões de confiabilidade entre leitores, fake News e o crescimento das redes sociais impactaram nas estratégias de empresas de comunicação para diversificar essa receita.

E por esse motivo a gigante do mercado publicitário australiano resolveu iniciar um estudo baseado na confiança do consumidor em publicidade. Os estudos iniciaram em 2017 e os insights obtidos a partir dele levaram a uma iniciativa de marketing que atraiu o apoio incondicional das principais editoras de mídia de notícias do país.

O que o estudo revelou em 2017?

A confiança no conteúdo e na publicidade de jornais é maior sobre todas as outras mídias.

Os leitores mais jovens têm mais confiança em conteúdo e publicidade em jornais e portais de notícias e são desconfiados em relação ao conteúdo e a publicidade nas Redes Sociais.

Em 2018, após o escândalo do Facebook Cambridge Analytics, o estudo foi encomendado novamente e, sem nenhuma surpresa, os resultados haviam mudado.

O que o estudo revelou em 2018?

A confiança nos veículos de mídia oficial aumentaram, enquanto que a confiança nas Redes Sociais caiu de forma alarmante.

Apenas 14% dos entrevistados afirmaram manter sua confiança nas publicidades e notícias oferecidas no Facebook.

Mas no que esses estudos ajudaram aos meios de comunicação?

Após tais estudos, a organização juntou forças com seus parceiros, clientes e diversos veículos de comunicação da região e utilizaram desses dados para mostrar ao público a importância desses veículos consolidados e tradicionais. O estudo serviu como prova da importância de existir meios de comunicação oficiais e da necessidade de existirem fontes oficiais onde as reportagens e anúncios se baseiam e, então, entregam a mensagem a seus leitores de forma segura e verídica.

Como funcionou a campanha?

É importante ressaltar que o KPI da campanha era aumentar a consideração dos leitores nos jornais e portais de notícias em pelo menos 200 dos principais veículos da Austrália.

A campanha durou cinco semanas e esteve presente em todos os jornais e portais de notícias nacionais, bem como na maioria dos veículos comunitários e regionais, recebendo apoio editorial da imprensa especializada em publicidade.

O resultado dessa união e movimentação do setor rende até hoje frutos. Com uma média de 35.000 visitantes únicos no site da News Media Works querendo saber mais sobre os estudos realizados a dois anos atrás.

O setor jornalístico está muito longe de terminar, como dizem os mais pessimistas, estamos passando por um momento de transformação e cabe a nós mesmos nos unirmos e pensarmos na melhor forma de nos reinventarmos em meio a tantas novas ferramentas e possibilidades que a tecnologia tem nos dado.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!