Blog / Mundo Maven / 6 piores erros que um jornalista pode cometer ao criar um conteúdo

6 piores erros que um jornalista pode cometer ao criar um conteúdo

Quando se escreve para um grande número de pessoas, todos os leitores estão atentos não apenas ao conteúdo como veracidade das informações e deslizes gramaticais. Os erros que um jornalista pode cometer podem afetar a sua carreira e gerar críticas em seu trabalho por um longo período.

Se a ideia é ser um profissional bem visto e que produz um trabalho de qualidade, veja quais são os erros que um jornalista pode cometer e que você deve fugir.

1. Não verificar as fontes

Publicar conteúdo sem checar a sua origem e se ele está certo é um dos piores erros, pois torna a notícia uma fake News. Além de disseminar uma informação falsa, estará prestando um desserviço para o leitor. 

Por exemplo, se está falando sobre seguro auto na pandemia e falar que as vendas aumentaram será um erro, pois os dados do setor apresentam informações contrárias. 

2. Cometer erros gramaticais

Um dos piores erros que um jornalista pode cometer são os gramaticais, pois, se espera que esse profissional possua um amplo conhecimento da língua. Uma vírgula errada ou qualquer outro pequeno deslize não passará despercebido.

Para evitar esse tipo de problema é possível usar corretores gramaticais, mas a revisão é sempre a melhor aliada.

3. Não alinhar as pautas aos veículos de comunicação

Cada canal de comunicação possui um público e esse deve ter um conteúdo direcionado. Não adianta em um site de entretenimento publicar um artigo que trate sobre economia, pois os leitores não buscam esse tipo de conteúdo e no final ele ficará sem leitores ou receberá críticas.

4. Repetir temas já trabalhados

Quando se propõe uma pauta é preciso verificar se já não existe muito conteúdo sobre o assunto para que ele não fique repetitivo.

Em tempos de Coronavírus, é possível ver informações sobre como a doença se espalha em todos os canais de comunicação. O tema ficou muito repetitivo e as pessoas começaram a perder o interesse. Nesse caso, pode-se falar de Covid-19, porém, o foco deve ser outro como falar de que maneira tratar a doença, número de infectados, resultados positivos das vacinas e outros. 

5. Falta de qualidade no material

Já falamos de erros gramaticais, mas, nesse caso estamos falando de qualidade que pode estar relacionada a um tema mal escolhido, superficialidade na matéria, falta de relevância e até mesmo falta de público.

Antes de elaborar o conteúdo é preciso pensar em todos os pontos e traçar objetivos para que ao final esses possam ser atingidos e se tenha um material de qualidade.

Por exemplo, se for fazer um material falando sobre as seguradoras de carro mais confiáveis, você deve fazer uma pesquisa ampla, mostrar como chegou aos dados, etc. Não basta citar apenas os nomes sem mostrar dados de qualidade.

6. Expor sua opinião pessoal nas redes sociais

Expor a opinião pessoal nas redes sociais sempre gera discussões e pode gerar grandes conflitos. 

Um dos erros que um jornalista pode cometer é querer falar o que pensa nesses canais. Como muita gente não consegue respeitar a opinião alheia pode começar uma discussão sem fim e a ideia original ser distorcida. Sem falar que a publicação pode ir contra os interesses do veículo que o jornalista representa.

Os erros que um jornalista pode cometer podem ser evitados prestando atenção ao conteúdo e garantindo que eles tenham um propósito. 

Por Jeniffer Elaina, do SeguroAuto.org

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!