Blog / Destaque / 5 dicas para adaptar o conteúdo jornalístico em diferentes formatos
Formato de Conteúdo é essencial para enriquecer a experiência do usuário ao ler notícias

5 dicas para adaptar o conteúdo jornalístico em diferentes formatos

A popularização da internet fez com que houvesse uma verdadeira revolução nos meios de comunicação tradicionais, de modo que a produção de conteúdo jornalístico precisou se adaptar a essa nova realidade.

Até a o final da década de 1990, quando a internet ainda não era tão popular, era comum que os sites de jornais fossem meras reproduções de suas versões impressas. Isso não pode mais acontecer e o consumidor espera encontrar outro tipo de conteúdo quando acessa esses canais.

Para que você entenda mais sobre como praticar o webjornalismo com sucesso, elencamos uma série com cinco dicas práticas. Acompanhe nos tópicos a seguir!

1. Utilize recursos multimídia

As grandes reportagens não precisam mais ter apenas texto e algumas fotos como acontecia na produção de jornalismo tradicional. Na contemporaneidade, você pode utilizar uma série de recursos multimídias, proporcionando uma verdadeira imersão do leitor na história que está sendo contada.

É possível mesclar o texto com vídeos, fotos, infográficos, áudios, entre outros recursos que farão com que o conteúdo seja mais rico para os leitores, que verão no seu veículo um grande diferencial.

2. Adote estratégias de interatividade

Quando falamos em internet, uma das primeiras coisas que nos vem à cabeça é a interatividade. Isso é ótimo para a produção de conteúdo jornalístico, que pode contar com a participação do público.

Você pode incentivar o contato via redes sociais para que as pessoas deixem comentários, enviem fotos e vídeos de situações que presenciarem e julgarem interessantes de serem publicadas, responsam enquetes sobre assuntos que gostariam que fossem produzidas reportagens etc.

3. Invista em conteúdo evergreen

Evergreen é um termo em inglês que pode ser traduzido como “sempre verde”. Trata-se, portanto, de um conteúdo que não fica velho e que se for lido hoje ou o ano que vem, por exemplo, terá o mesmo impacto.

Uma notícia que traz um acidente de trânsito ou a cobertura de um evento, por exemplo, interessam apenas naquele momento em que o fato aconteceu. Já uma entrevista com um médico esclarecendo dúvidas sobre uma determinada doença pode ser interessante em diversos momentos e ajuda a posicionar o site de seu jornal em buscas orgânicas feitas no Google.

4. Tenha um site responsivo

Os portais de notícias precisam ser responsivos, ou seja, se adaptarem a qualquer tipo de tela em que forem acessados. Uma pessoa que faz o acesso do site por meio de um celular ou de um tablet precisa ter uma experiência tão agradável quanto quem o faz por computadores.

A ideia é que o portal tenha um layout diferenciado em cada tipo de tela, para que o leitor não precise ampliar o texto para conseguir ler o que está escrito quando acessar os conteúdos em dispositivos de telas menores.

5. Considere os princípios dos textos para internet

Os textos para internet devem seguir uma série de diretrizes para que sejam mais aceitos pelo público e que também se destaquem em meio a infinidade de conteúdos disponíveis no meio.

Os títulos precisam ser objetivos e impactantes, ter uma boa navegabilidade e ser persuasivos, mas com o cuidado para que não se tornem sensacionalistas. Também é interessante trabalhar com recursos como o hiperlink, para que leitores que acessam uma publicação possam clicar em palavras-chave e ler também outros textos que complementem o material.

Ao seguir essas cinco dicas, temos a certeza de que você conseguirá adaptar o conteúdo jornalístico em diferentes formados, sempre alcançando, conquistando e fidelizando os leitores.

Quer saber mais sobre o assunto? Então leia o nosso artigo “Mídias digitais e jornalismo: por que investir nessa parceria?”. Ele traz mais informações sobre o cenário contemporâneo do webjornalismo. Não deixe de conferir!

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!