Blog / Jornal e Revista Digital / 5 Dicas de monetização mobile e engajamento em Social Media

5 Dicas de monetização mobile e engajamento em Social Media

O programa de rádio chamado UK Brand Show, que é conhecido por trazer assuntos que estão em alta no meio dos Negócios, apresentado por Mark Challinor convidou Grzegorz Piechota, que é membro do Instituto Reuters para o estudo do jornalismo na Universidade de Oxford, para falar sobre como empresas podem explorar o Social Media a seu favor no mundo digital mobile, de hoje. Vamos aprender 5 dicas de monetização mobile e engajamento em Social Media:

Logo no início da conversa entre esses dois sábios, Challinor afirmou estar pensando de uma forma diferente sobre qual seria a relação entre o Social e o Mobile. Em como um está para o outro. E também, em como as empresas de mídia adotam e exploram o Social a seu favor no ambiente digital / mobile hoje em dia. A partir daí Challinor começou a compilar uma lista das principais coisas que precisamos considerar para sermos líderes em Social Media Mobile.

A tecnologia faz parte do dia-a-dia de quem trabalha com Comunicação, principalmente quando falamos de jornalismo. O cenário digital está evoluindo e para isso, os jornais que querem fazer parte do novo modelo e negócio precisam se adaptar.

“Liderar um negócio de mídia em um mundo socialmente conectado pode ser comparado a jogar o velho jogo favorito, Space Invaders, , onde, independentemente de quão fantástico um atirador você seja, as naves espaciais surgem implacavelmente”. Comentou, Challinor sobre a dificuldade e a necessidade daqueles que trabalham com mídia estarem atentos as mudanças do cenário.

A transformação digital é assim. Está sempre como um assunto prioridade dentro das empresas de mídia. Mas ao mesmo tempo, vem um número incessante de atualizações, inovações e novas ferramentas para se utilizar, até que algumas empresas fiquem para trás nessa corrida. Nos últimos anos (ou em alguns casos, até meses) vimos coisas como Internet das coisas (IoT), Blockchain, Realidade Aumentada (AR), Realidade Virtual (VR), Inteligência Artificial (AI), chatbots e, claro, todas as várias tecnologias e canais de mídia social surgirem. Mas o quanto disso conseguimos implementar no nosso modelo de negócio?

“Se você está se sentindo sobrecarregado, você não está sozinho”. Afirmou, Challinor.

Para auxiliar a sua empresa a fazer parte da constante evolução digital e ficar mais próximo a importantes conquistas como: liderança de mídia social (que, como falamos no início do texto, é em grande parte móvel), engajamento de mídia e, em último mas não menos importante, análise de monetização futura, separamos uma lista de cinco itens:

1. Descubra o porquê:
Para fazer parte de uma empresa você tem que ter uma compreensão clara de quais são os princípios dessa empresa, do que ela faz e porque faz. Só assim você saberá como fazer, aquilo que você se propôs a fazer dentro da empresa na qual você agora faz parte.

Pensando na estratégia de Social Media (mobile), a base de pensamento deve ser a mesma de quando se entra numa empresa. Você tem que entender que as suas finalidades é que vão orientar as suas mensagens. Assim como influenciam, também, a sua criação de conteúdo, com quem você se conecta e como você cria esse conteúdo para o espaço móvel. Pois é através de um dispositivo móvel que a maior parte de seu público está usando para ter acesso ao seu conteúdo.

Temos algumas perguntas chave que deixam essa explicação mais clara:

Quais são os seus valores (pense como a empresa)?, Porque alguém iria querer se conectar aquilo que você está oferecendo?, Todo o seu conteúdo é compatível com devices mobile?, Como você inspira o seu leitor (ou o seu público)?, O que o seu negócio defende? E qual o propósito de você estar nas Mídias Sociais? Esse último é sempre bom reforçar.

2. Entenda como você aparece:
A maneira mais simples de se enxergar de maneira clara dentro do Social Media, é você dar um “buscar” no nome da sua empresa em algum navegador de buscas na internet. E após a busca, responda algumas perguntas:

O que os leitores encontram ao fazer essa mesma busca?, Sua oferta parece boa?, Você consegue ver diferença nesse mesmo processo de busca em diferentes dispositivos?, Quão atualizados estão os dados da sua empresa ou até mesmo o conteúdo que você está oferecendo?, Sua empresa está aparecendo como uma das líderes do assunto?, Você está sentindo falta de alguma coisa? Essa última é muito importante, então não se sinta mau em dar uma conferida nos concorrentes.

Esse é um exercício muito bom e que pode impactar de maneira positiva ou negativa, então esteja preparado caso precise mudar.

3. O engajamento é ouvir:
Hoje temos um melhor conhecimento do funcionamento das Mídias Sociais e já percebemos que uma das estratégias que tem uma melhor resposta, é a de conhecer e ouvir o que o seu leitor tem a dizer. Quando se conhece a persona que a sua empresa quer atingir, é muito mais fácil de criar mensagens que possam comunicar da maneira correta aquilo que você tem a oferecer. E que essa mensagem chegue a quem você quer atingir.

Apesar disso, muitas empresas quando vão iniciar uma campanha, ou algo do gênero, apenas começam a falar e despejar conteúdo em cima de seus leitores, sem ter o cuidado de tentar saber sobre o que esses leitores querem ler. Ter um conteúdo rico e assertivo é muito mais valioso para o seu jornal e muito mais barato, além de tomar menos tempo de produção. Ouça seus clientes, concorrentes, parceiros, fornecedores, influenciadores e investidores.

4. Planeje seu conteúdo diário:
Após ouvir os seus leitores, você terá maior facilidade em orientar suas demandas. Será mais fácil entender o que eles estão pedindo ou precisando. Olhe o seu conteúdo já produzido e em produção e busque por novas oportunidades de desenvolvimento. Saiba aumentar a durabilidade daquilo que você produz.

Ter várias plataformas e diferentes Mídias Sociais, te dão a oportunidade de comunicar o mesmo conteúdo, porém com abordagem diferente. Assim, você aumenta as chances de captação de leads e de engajamento. É muito importante que você planeje o seu conteúdo de acordo com a plataforma onde ele será divulgado.

5. Cuidado com a tendência de “falha ao executar”:
É comum termos grandes ideias fora do escritório, saímos com grandes planos de uma reunião ou vermos uma chance de criação de conteúdo em alguma “banalidade” do dia-a-dia. Mas muitas dessas ideias que surgem inesperadamente ou de forma muita rápida, não são executadas. Seja por falta de tempo, ou por esquecimento a falha ao executar é uma grande perda de oportunidade.

“Pesquisas, ao longo do tempo, nos mostraram que você é pessoalmente responsável pelos outros. Então, certifique-se de compartilhar seus planos, metas e aspirações com um mentor ou colega sênior, em seguida, dê início a execução da tarefa. Torne-se o responsável pela tarefa e planeje atualizações regulares de progresso”. Indicou, Challinor como sua última dica.

Falamos sobre 5 dicas importantes e essenciais para o bom funcionamento de um jornal que trabalha com engajamento em redes sociais. Explicamos também, a importância de pensar em conteúdo para mobile, já que este é o principal meio utilizado pelos novos leitores de jornal. Saber que existem tendências e serem seguidas e conseguir implementa-las no tempo certo em seu jornal, pode fazer a grande diferença e decidir qual o tamanho da fatia do mercado o seu jornal irá adquirir.

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!