Blog / Destaque / 4 tendências para melhorar a comunicação com leitores de jornais e revistas
Mulher lendo revista sobre para melhorar a comunicação na Publicação Digital

4 tendências para melhorar a comunicação com leitores de jornais e revistas

Um dos principais benefícios que o jornalismo digital proporciona para os chefes de redação ou diretores de um jornal ou revista é a possibilidade de melhorar a comunicação com os leitores.

Isso acontece, principalmente, pelo fato de as redes sociais e os espaços para comentários nos portais de notícias poderem ser um canal para que as pessoas registrem as suas opiniões, que podem ser muito valiosas, contribuir para melhorias e, até mesmo, servir de inspiração para o desenvolvimento de pautas.

Para que você saiba como desenvolver ações que melhorem ainda mais a comunicação do seu veículo jornalístico com a comunidade em que você atua, nós elencamos 4 tendências em que você precisa ficar de olho. Veja, a seguir!

1. Ter um portal responsivo

Um erro grave cometido por muitos jornais que migram do impresso para o digital, sobretudo no caso de pequenos veículos locais, é ter um site estático e não responsivo, impossibilitando, assim, a interatividade com o público.

O portal responsivo é aquele que se adapta ao tamanho da tela em que está sendo acessado, de modo que, independentemente do dispositivo que estiver utilizando, o usuário terá uma boa experiência.

Como, na atualidade, a maioria das pessoas usa o smartphone para ler notícias na Internet, ter um site responsivo é fundamental, pois se não tiverem uma boa experiência no portal, certamente os leitores abandonarão o seu jornal e passarão a ler notícias em outro local.

2. Investir em e-mail marketing

Oferecer diferenciais para os leitores de um jornal digital é importante para melhorar a comunicação e para ela ser mais eficaz. Sendo assim, o e-mail marketing pode ser uma estratégia interessante, mas, para isso, é necessário ter uma base de e-mails para o envio, bem como a autorização dessas pessoas.

Isso pode ser obtido facilmente, bastando disponibilizar, no portal, um campo em que as pessoas interessadas poderão cadastrar os seus e-mails para receber informações.

O e-mail marketing pode ser utilizado para divulgar matérias especiais, promoções de assinaturas, um resumo semanal com aquilo que foi destaque no portal etc.

3. Produzir conteúdo em vídeo ao vivo

As transmissões ao vivo nas redes sociais são um canal aberto para que você possa interagir com os seus públicos. Tal ferramenta, portanto, é um grande diferencial para o jornalismo popular, aproximando o veículo de seus leitores.

Você pode, por exemplo, transmitir entrevistas ao vivo e pedir às pessoas que estiverem assistindo que deixem comentários com perguntas que gostariam que fossem feitas ao entrevistado.

4. Informar-se sobre o Big Data

Há quem diga que o futuro do jornalismo está no Big Data, ou seja, nos bancos de dados da Internet. Dessa forma, a apuração jornalística está cada vez mais centralizada na busca de informações em documentos digitais do que nas ruas.

Se um repórter precisa buscar informações sobre uma determinada pessoa para citar em uma matéria, por exemplo, pode fazer uma busca na Internet, em bancos públicos ou de acesso restrito, para obter tais dados. Antigamente, era preciso ir às ruas, a cartórios ou a delegacias, para solicitar essas informações, algo que demandava muito mais tempo e burocracia.

A tendência é que o Big Data esteja cada vez mais presente no jornalismo, e é por isso que os proprietários de veículos informacionais precisam estar de olho nessa realidade.

Estar atento às tendências para melhorar a comunicação com leitores de jornais e revistas é algo que precisa fazer parte da sua rotina. E, para receber mais informações sobre assuntos como este, assine a nossa newsletter!

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!