Blog / Publicação Digital / 10 dicas de como criar conteúdo relevante para sua empresa

10 dicas de como criar conteúdo relevante para sua empresa

Na publicação anterior nós falamos sobre os benefícios de criar conteúdo para sua empresa, hoje nós vamos destacar 10 práticas que devem ser bastante usadas e  observadas na hora de criar conteúdo relevante e de qualidade para o site ou blog da sua organização. 

O conteúdo de uma empresa pode ter várias funções dentre elas informar, educar, entreter ou atrair o público. Independentemente de qual seja a função a ser usada, ele precisa ser relevante.

Estamos em um momento de intensa produção de conteúdo online por conta da pandemia, as pessoas estão consumindo mais pela internet e criando conteúdo também. E em meio a esse “choque de conteúdo”, você precisa recorrer a práticas que façam com que seu material se destaque. Vamos conhecer algumas?

1. Qualidade antes de quantidade

Essa é a principal condição para criar conteúdo online de sucesso. Você pode até atrair cliques através do título do anúncio. No entanto, se você não fornecer conteúdo bem escrito e informações relevantes e precisas, não reterá os visitantes. 

É importante publicar com frequência, mas a qualidade deve ser o primeiro foco. Portanto, faça buscas tanto nacional quanto internacionalmente, deve-se fazer o máximo de pesquisa possível sobre o tópico a ser abordado. Pesquise pesquisas, volume de mercado, tendências e forneça conteúdo completo. Dê ao seu público o que você deseja encontrar nas informações de pesquisa. 

2. Analise a concorrência

Deseja escrever um artigo sobre um tópico específico? Pesquise o termo no Google e leia todos os artigos na primeira página. Se você deseja que seu conteúdo seja bem colocado nos mecanismos de pesquisa, encontre uma maneira de se diferenciar da sua concorrência.

Verifique os argumentos e dados discutidos no conteúdo e busque perspectivas únicas. Se você usa a mesma fórmula de um concorrente bem posicionado, por que você acha que ele visitará seu site em apenas alguns cliques, em vez daqueles na página inicial?

3. Foque no seu público-alvo

Você consome conteúdo online sobre tópicos que não te interessam? Seu público também não vai acessar nada que não seja do interesse dele. Portanto, verifique o que seu público-alvo normalmente consome na Internet. E mais: descubra quais são suas necessidades diárias e como você pode atendê-las, seja por meio de conteúdo ou dos próprios produtos e serviços.

Torne o conteúdo da sua empresa útil e interessante, para que as pessoas desejem acessar seus canais com frequência. Uma atividade que ajuda muito nessa tarefa é pensar na jornada do usuário. Pense em todas as etapas que levam seus clientes a conhecer e adquirir seu produto e na rotina pós-compra. Em seguida, planeje seu conteúdo para ajudar o usuário em cada um desses estágios: da atração à compra,  à retenção.

4. Sua empresa não é o assunto principal

A idéia por trás do marketing de conteúdo não é se autopromover a todo custo. Na verdade, muitos materiais nem incluem o nome da organização. O principal objetivo é informar e ajudar o público a resolver problemas cotidianos relacionados ao segmento de seus produtos e serviços e orientá-los para que eles realmente saibam o que sua empresa tem a oferecer. Foi o que comentamos no tópico anterior: acompanhar o usuário em sua jornada.

Vamos dar um exemplo: Sua empresa vende software de gerenciamento de recursos humanos. Seu conteúdo pode se referir a dicas relacionadas ao cotidiano dos profissionais desse setor, como dicas sobre a realização de bons treinamentos empresariais, métodos de avaliação de funcionários. À medida que atrai o público em geral por meio de tópicos mais amplos, você pode começar a abordar questões mais específicas da tecnologia de RH até chegar a um conteúdo que destaque os recursos do seu produto.

5. Utilize técnicas de SEO

Você pode usar algumas técnicas na construção do site da empresa e no conteúdo publicado para ajudar essas páginas a ocupar uma melhor posição no ranking dos mecanismos de pesquisa. Essas técnicas são chamadas de SEO ou otimização de mecanismos de busca.

Hoje em dia, com a produção em massa de conteúdo, está longe o suficiente para produzir bons materiais. É necessário combinar o melhor dos dois mundos para que eles tenham qualidade e visibilidade. Se você ainda não sabe nada sobre SEO, pode encontrar alguns materiais e cursos on-line ou pessoalmente para ajudá-lo. É nesse conhecimento que vale a pena investir!

6. Diversifique seus canais de conteúdo online

Não aposte todas as suas fichas em apenas um canal. Por exemplo, apenas tenha um blog ou apareça apenas nas redes sociais. Ao pesquisar os hábitos de consumo de conteúdo do seu público-alvo, reserve um momento para descobrir como eles preferem se informar.

É improvável que a resposta seja homogênea. E vale a pena mostrar em todos os canais que seu público-alvo usa. É necessária atenção especial para ajustar seu conteúdo de acordo com cada canal usado. Por exemplo, o texto que você publica em um blog raramente é usado como um script para um podcast, ou mesmo consegue ser inserido no instagram. Cada canal tem suas próprias características, dependendo do produtor de conteúdo.

7. Seja claro com seus objetivos

Antes de começar a publicar qualquer conteúdo, a empresa precisa criar um plano de conteúdo. Além de pesquisar o público-alvo, também é preciso entender o efeito das estratégias de conteúdo on-line nos objetivos organizacionais. Atrair mais tráfego no site? Gerar mais clientes em potencial? Converter mais clientes? Ou outros objetivos?

Esses objetivos também podem servir como diretrizes para seleção, formato e canais. O conteúdo que atrai mais tráfego não leva necessariamente a mais conversões. Se você deseja gerar leads, as redes sociais não são a principal escolha. Ao determinar os objetivos da empresa e as necessidades e hábitos do público-alvo, o planejamento e a criação de um calendário de lançamentos se tornam mais fáceis.

8. Fale na linguagem de seu público

Conversamos sobre muito sobre focar no público-alvo, e esse é outro tópico que reforça isso, porque é realmente importante! A linguagem usada no conteúdo também deve ser apropriada para o seu público. Se uma empresa de tecnologia conversa com pessoas relacionadas ao assunto, termos mais técnicos podem ser usados, mas é necessário simplificar a interpretação para o público. 

Existem algumas técnicas para facilitar a compreensão do seu conteúdo. Você pode usar a narrativa (pense no conteúdo como uma história a ser contada, incluindo começo, meio e fim), temas, passo a passo e exemplos reais para ilustrar o conteúdo explicado, comparações e até metáforas.

9. Divulgue seu conteúdo 

Mesmo com as técnicas de SEO, pode levar meses para o conteúdo ter uma boa classificação na pesquisa. Portanto, promova seus conteúdos após a publicação para ter maior entrega. Use redes sociais, pop-ups, e-mails e o que mais estiver ao seu alcance para repercutir os materiais.

Mesmo que uma estratégia de conteúdo on-line pretenda gerar resultados de forma orgânica, vale a pena considerar separar uma verba para impulsionar a divulgação, seja por meio das redes sociais ou do Google Ads. Mesmo que sejam anúncios temporários, esses também podem trazer um bom tráfego para o seu conteúdo.

10. Analise os dados e aprimore sua estratégia de conteúdo online

Independentemente do canal que você escolher para compartilhar seu conteúdo, você sempre poderá coletar dados do público. Pode ser em redes sociais, em relatórios de plataformas profissionais ou no Google Analytics. Esses dados geralmente são rastreados para avaliar o desempenho do conteúdo.

Com informações como os materiais mais visitados, o tempo médio gasto assistindo o vídeo e a quantidade de cliques, você pode saber o que está funcionando e o que pode melhorar o sucesso da sua estratégia. Use esses dados para beneficiar você.

Existem vários canais pelos quais você pode escolher para publicar seu conteúdo. Mas você já pensou em ter sua própria plataforma de conteúdo online? Um ambiente on-line que pode ser aberto, limitado e até monetizado, onde você pode compartilhar vídeos, textos, PDFs, entre outras funcionalidades..

A Maven tem soluções com essas possibilidades. Você pode ter um ambiente com seu próprio domínio ou inseri-lo no domínio da sua empresa. Isso significa que a única marca exposta será sua.

Deseja saber mais sobre esta solução? Fale com um de nossos especialistas e descubra como podemos contribuir para sua estratégia de conteúdo on-line.

Cadastre-se para receber conteúdo em primeira mão!